BUSCAR

PRODUTO INTERNO BRUTO

A economia paranaense apresentou crescimento de 8,3% em 2010, o melhor obtido na série histórica iniciada em 1995, calculada pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), após uma variação negativa (-1,2%), registrada em 2009.

O crescimento do Estado vem sendo superior à média brasileira desde então, graças à recuperação na produção de grãos em 2013 e o cenário favorável para o preço das commodities no mercado internacional. A produção industrial do estado também foi fator determinante para o destaque do estado, já que cresceu 4,8% segundo a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE, frente a um crescimento de apenas 0,8% em nível Brasil.

Porém, após um crescimento de 5,0% registrado em 2013, o Paraná parece finalmente estar sentindo os impactos da estagnação nacional, crescendo apenas 0,8% em 2014 segundo dados do Ipardes. Um dos fatores que causou essa desaceleração foi a retração na indústria paranaense, puxada pelo setor de fabricação de veículos, reboques e carrocerias e fabricação de máquinas e equipamentos.

A recuperação da agricultura local, especialmente da safra de inverno, o desempenho do comércio varejista e atacadista, o dinamismo do sistema financeiro e o mercado de trabalho que continua crescendo, mas a taxas menores que nos anos anteriores, foi o que contribuiu positivamente no índice estadual.


WebDesign:
Empresa
Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A
Rua Barão do Rio Branco, 45 - 7º andar - Centro - CEP: 80010-180
Curitiba - PR - Brasil - PABX: 55 (41) 3221-9900
agenciacuritiba@agenciacuritiba.com.br